VEREADORES APROVAM UM PROJETO DE LEI E TRÊS REQUERIMENTOS NA SESSÃO DESTA TERÇA-FEIRA

Na sessão ordinária desta terça-feira, (10), o plenário da Câmara Municipal de Arapongas aprovou em segunda e última discussão e votação, o Projeto de Lei nº 22/2016 – que dispõe sobre a inclusão do inciso VII, no artigo 22, da Lei Municipal nº 4.011, de 14 de agosto de 2012, que dispõe sobre a Organização do Sistema Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – SMPDC – Institui a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON, O Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – COMDECON, o Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – FUMCON e dá outras providências.

Em única discussão e votação, de iniciativa do poder Legislativo, também foi aprovado os seguintes Requerimentos:

01 – De iniciativa do vereador Osvaldo Alves dos Santos – Requerimento nº 30/2016 – Requer que seja encaminhado ofício ao Prefeito do Município de Arapongas, Senhor Antonio José Beffa, solicitando informações que esclareçam duvidas a respeito do atendimento prestado pelo UPA – Unidade de Pronto Atendimento de Arapongas.

02 – De iniciativa do vereador Aroldo Cesar Pagan – Requerimento nº 31/2016 – Requer que que seja encaminhada a empresa VIAPAR e ao Departamento de Estradas e Rodagem (DER), oficio solicitando informações sobre o porquê do adiamento do cronograma original da obra do Contorno no Município de Arapongas, sendo que as informações da assessoria de imprensa da Viapar e DER, informaram na época que a Concessionária Viapar iniciou o Projeto em Março de 2013, com estudos técnicos, em seguida o projeto foi enviado ao DER , que assinalou mudanças para diminuição de custos, com desapropriação de terras particulares.

03 – De iniciativa dos vereadores Angelica Ferreira, Jair Milani e Rubens Franzin Manoel – Requerimento nº 32/2016 – Requer que seja encaminhado ofício ao Excelentíssimo Senhor Secretário Municipal de Administração de Arapongas, Sandro José Andreassi Cícero, a fim de disponibilizar informações sobre o gerenciamento de benefício de auxilio alimentação.

Após as discussões parlamentares o Presidente da casa, o vereador Valdeir José Pereira fez suas considerações declarou encerrada a sessão.

Comentários fechados.

RSS Notícias do Brasil

  • Copom se reúne nesta quarta, e mercado prevê 7ª alta seguida da Selic, para 9,25% ao ano
    Se confirmado esse aumento, será o maior percentual em mais de 4 anos. Alta nos juros encarece o crédito, freia a economia e institui de volta a antiga regra de remuneração da poupança. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reunirá nesta quarta-feira (8) para definir a taxa básica de juros da economia. Analistas do mercado financeiro pre […]
  • O Assunto #595: O aparelhamento da Polícia Federal
    Desde o início do mandato, o presidente da República é claro sobre seu projeto de subordinação. A partir da fatídica reunião ministerial de 22 de abril de 2020, acelerou-se o 'processo de tomada da PF pelo bolsonarismo'. Desde então cargos nas mais distintas esferas da instituição são ocupados por agentes de confiança do Executivo - por outro lado, […]
  • Governo troca secretário da Receita Federal e começa reestruturação na Economia
    Ministro Paulo Guedes deve anunciar 'supersecretaria' de Estudos Econômicos. Atual secretário da Receita, Tostes assumirá cargo na OCDE; auditor Julio Cesar Vieira assume o posto. O presidente Jair Bolsonaro exonerou nesta terça-feira (7), a pedido, o secretário da Receita Federal José Barroso Tostes Neto. A vaga será assumida pelo auditor-fiscal d […]
  • Bolsonaro edita MP para pagar Auxílio Brasil de R$ 400 a famílias já no mês de dezembro
    Medida provisória que criou programa foi aprovada em definitivo na última semana; novo texto inclui auxílio no orçamento deste ano. Para 2022, governo ainda depende da PEC dos Precatórios. O presidente Jair Bolsonaro editou, nesta terça-feira (7), uma medida provisória para permitir o pagamento do Auxílio Brasil no valor mínimo de R$ 400 aos beneficiários ai […]
  • Governo não adotou política efetiva de testagem contra a Covid, avalia TCU
    Tribunal de Contas defende que política de testagem deve continuar mesmo com avanço da vacinação. Ministério da Saúde diz que vai se manifestar dentro do prazo dado pelo TCU. O Tribunal de Contas da União (TCU) identificou desempenho ruim do governo federal na condução de políticas de testagem contra a Covid. Segundo auditoria do órgão, apenas 9% da populaçã […]