VEREADORES APROVAM SEIS PROJETOS DE LEI NA SESSÃO DESTA TERÇA-FEIRA

Na noite desta terça-feira, (07), a Câmara Municipal de Arapongas realizou sua 19ª Sessão Ordinária de 2016, onde os vereadores aprovaram seis Projetos de Lei.

Em 1ª discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos o seguinte Projeto de Lei (Matéria Preferencial):

01 – Projeto de Lei nº 23/2016 – Dispõe sobre a Elaboração das Diretrizes Orçamentárias de 2017 do Município de Arapongas e dá outras providências.

Em 2ª e última discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos os seguintes Projetos de Lei:

01 – Projeto de Lei nº 32/2016 – Autoriza o Poder Executivo a efetuar abertura de Crédito Adicional Especial, no orçamento do Município de Arapongas, para o exercício de 2016 e a ajustar as programações estabelecidas no Plano Plurianual 2014 a 2017 no Anexo I da Lei nº 4.434, de 17/12/2015 e no Anexo V da Lei nº 4.396, de 07/07/2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016.

02 – Projeto de Lei nº 33/2016 – Autoriza o Poder Executivo a efetuar abertura de Crédito Adicional Especial, no orçamento do Município de Arapongas, para o exercício de 2016 e a ajustar as programações estabelecidas no Plano Plurianual 2014 a 2017 no Anexo I da Lei nº 4.434, de 17/12/2015 e no Anexo V da Lei nº 4.396, de 07/07/2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016.

c) Em 1ª discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos os seguintes Projetos de Lei:

01 – Projeto de Lei nº 35/2016 – Dispõe sobre o Referendo de Termo de Convenio nº 002/2016, celebrado entre o Município de Arapongas e a MICROLINS – J.C. Formação Profissional – ME.

02 – Projeto de Lei nº 36/2016 – Dispõe sobre a inclusão do Programa 0037 – Manutenção e Desenvolvimento da Educação Superior no anexo IV da Lei nº 4.396, de 07 de julho de 2015.

03 – Projeto de Lei nº 01/2016 – Dispõe sobre a alteração na redação do Art. 1º da Lei Complementar nº 011, de 17 de dezembro de 2015, e dá outras providências.

Passado a apreciação e votação das matérias em pauta, os vereadores usaram a Tribuna do Plenário para tecer suas considerações pessoais e a sessão foi encerrada após a palavra do Presidente.

Comentários fechados.

RSS Notícias do Brasil

  • Em 10 anos, disparos de armas de fogo mataram 4 vezes mais negros que brancos no Brasil, diz pesquisa
    Instituto analisou 188 mil mortes violentas registradas entre 2012 e 2022; quase 150 mil foram de homens pretos e pardos. Dados de internações e agressões também evidenciam diferença. Entre 2012 e 2022, quase 150 mil homens negros – pretos e pardos – morreram devido a ferimento por arma de fogo. O número é quatro vezes maior que o de homens brancos mortos no […]
  • Moraes rejeita recurso de Bolsonaro para que decisão que o tornou inelegível seja analisada pelo STF
    Defesa do ex-presidente e seu vice recorreu contra condenação, no TSE, da chapa que disputou a eleição de 2022. O ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), rejeitou o recurso do ex-presidente Jair Bolsonaro para que a decisão que o tornou inelegível seja analisada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro e o seu vic […]
  • Câmara faz série de debates em meio às chuvas no RS, mas não avança pacote ambiental
    Plenário da Casa não analisou matérias para mitigar mudanças climáticas; único texto votado, que aguarda sanção, flexibilizou legislação. Foco até aqui foi em medidas imediatas. O plenário da Câmara dos Deputados não analisou nenhum projeto que busca atenuar os efeitos das mudanças climáticas no país desde que o Congresso reconheceu o estado de calamidade no […]
  • Cotas em concursos públicos: Dino prorroga modelo em vigor até Congresso aprovar nova lei
    Regra atual prevê 20% de vagas reservadas a candidatos negros em concursos federais; lei perderia validade em 10 de junho. Texto já aprovado pelo Senado ainda passará pela Câmara. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Flávio Dino prorrogou a validade do modelo atual das cotas raciais para concursos públicos até que o Congresso conclua a votação e o go […]
  • Por que casos de stalking praticados por mulheres são mais raros
    Denúncias à Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos mostram que mulheres são 86% das vítimas. Especialistas apontam normalização do ódio contra mulheres e cultura machista como culpados. Casos em que a mulher persegue o homem são incomuns, segundo especialistas e dados oficiais Montagem/g1 Casos de mulheres autoras de de stalking — como o de Kawara Welch cont […]