VEREADORES APROVAM SEIS PROJETOS DE LEI NA SESSÃO DESTA TERÇA-FEIRA

Na noite desta terça-feira, (07), a Câmara Municipal de Arapongas realizou sua 19ª Sessão Ordinária de 2016, onde os vereadores aprovaram seis Projetos de Lei.

Em 1ª discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos o seguinte Projeto de Lei (Matéria Preferencial):

01 – Projeto de Lei nº 23/2016 – Dispõe sobre a Elaboração das Diretrizes Orçamentárias de 2017 do Município de Arapongas e dá outras providências.

Em 2ª e última discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos os seguintes Projetos de Lei:

01 – Projeto de Lei nº 32/2016 – Autoriza o Poder Executivo a efetuar abertura de Crédito Adicional Especial, no orçamento do Município de Arapongas, para o exercício de 2016 e a ajustar as programações estabelecidas no Plano Plurianual 2014 a 2017 no Anexo I da Lei nº 4.434, de 17/12/2015 e no Anexo V da Lei nº 4.396, de 07/07/2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016.

02 – Projeto de Lei nº 33/2016 – Autoriza o Poder Executivo a efetuar abertura de Crédito Adicional Especial, no orçamento do Município de Arapongas, para o exercício de 2016 e a ajustar as programações estabelecidas no Plano Plurianual 2014 a 2017 no Anexo I da Lei nº 4.434, de 17/12/2015 e no Anexo V da Lei nº 4.396, de 07/07/2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016.

c) Em 1ª discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos os seguintes Projetos de Lei:

01 – Projeto de Lei nº 35/2016 – Dispõe sobre o Referendo de Termo de Convenio nº 002/2016, celebrado entre o Município de Arapongas e a MICROLINS – J.C. Formação Profissional – ME.

02 – Projeto de Lei nº 36/2016 – Dispõe sobre a inclusão do Programa 0037 – Manutenção e Desenvolvimento da Educação Superior no anexo IV da Lei nº 4.396, de 07 de julho de 2015.

03 – Projeto de Lei nº 01/2016 – Dispõe sobre a alteração na redação do Art. 1º da Lei Complementar nº 011, de 17 de dezembro de 2015, e dá outras providências.

Passado a apreciação e votação das matérias em pauta, os vereadores usaram a Tribuna do Plenário para tecer suas considerações pessoais e a sessão foi encerrada após a palavra do Presidente.

Comentários fechados.

RSS Notícias do Brasil

  • Guedes sonda ex-ministro do Planejamento para secretaria do Tesouro
    Esteves Colnago quando era ministro do Planejamento do governo Michel Temer em 2018. Hoana Gonçalves/MP O ministro da Economia, Paulo Guedes, sondou o assessor especial de Relações Institucionais do ministério, para ocupar a Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento. O atual secretário, Bruno Funchal, pediu demissão nesta quinta-feira (21), após o governo d […]
  • Bolsonaro diz que caminhoneiros receberão auxílio de R$ 400 e que conta somará mais de R$ 3 bilhões
    Presidente havia anunciado 'auxílio-diesel' à tarde em PE sem informar valor e de onde vai sair a verba. À noite, informou o valor, o mesmo que pretende pagar no programa Auxílio Brasil. Bolsonaro diz que caminhoneiros receberão auxílio de R$ 400 O presidente Jair Bolsonaro afirmou em transmissão ao vivo por uma rede social nesta quinta-feira (21) […]
  • Precatórios: comissão aprova PEC com mudança no teto de gastos para viabilizar Auxílio Brasil
    Relator, deputado Hugo Motta, diz que nova versão abre 'espaço fiscal' de mais de R$ 80 bi para governo bancar Auxílio Brasil. Texto altera regra de correção monetária do teto de gastos. Comissão Especial da Câmara aprova PEC dos Precatórios A comissão especial criada na Câmara para analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios […]
  • Senado aprova auxílio de até R$ 2 bilhões a Santas Casas e hospitais filantrópicos
    Proposta segue para análise da Câmara dos Deputados. Auxílio deverá ser transferido às entidades no prazo de 15 dias após a publicação da lei. O Senado aprovou nesta quinta-feira (21), por unanimidade, o projeto que concede auxílio emergencial de até R$ 2 bilhões para Santas Casas e hospitais filantrópicos que participam de forma complementar do Sistema Únic […]
  • Secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia pede demissão
    José Mauro Coelho estava no cargo desde abril de 2020. Informação foi divulgada no mesmo dia em que Bolsonaro anunciou que pagará um auxílio a 750 mil caminhoneiros para compensar aumento do diesel. O secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, José Mauro Coelho, pediu demissão do cargo. A informação foi divulgada […]