VEREADORES APROVAM SEIS PROJETOS DE LEI NA SESSÃO DESTA TERÇA-FEIRA

Na noite desta terça-feira, (07), a Câmara Municipal de Arapongas realizou sua 19ª Sessão Ordinária de 2016, onde os vereadores aprovaram seis Projetos de Lei.

Em 1ª discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos o seguinte Projeto de Lei (Matéria Preferencial):

01 – Projeto de Lei nº 23/2016 – Dispõe sobre a Elaboração das Diretrizes Orçamentárias de 2017 do Município de Arapongas e dá outras providências.

Em 2ª e última discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos os seguintes Projetos de Lei:

01 – Projeto de Lei nº 32/2016 – Autoriza o Poder Executivo a efetuar abertura de Crédito Adicional Especial, no orçamento do Município de Arapongas, para o exercício de 2016 e a ajustar as programações estabelecidas no Plano Plurianual 2014 a 2017 no Anexo I da Lei nº 4.434, de 17/12/2015 e no Anexo V da Lei nº 4.396, de 07/07/2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016.

02 – Projeto de Lei nº 33/2016 – Autoriza o Poder Executivo a efetuar abertura de Crédito Adicional Especial, no orçamento do Município de Arapongas, para o exercício de 2016 e a ajustar as programações estabelecidas no Plano Plurianual 2014 a 2017 no Anexo I da Lei nº 4.434, de 17/12/2015 e no Anexo V da Lei nº 4.396, de 07/07/2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias 2016.

c) Em 1ª discussão e votação de iniciativa do Poder Executivo temos os seguintes Projetos de Lei:

01 – Projeto de Lei nº 35/2016 – Dispõe sobre o Referendo de Termo de Convenio nº 002/2016, celebrado entre o Município de Arapongas e a MICROLINS – J.C. Formação Profissional – ME.

02 – Projeto de Lei nº 36/2016 – Dispõe sobre a inclusão do Programa 0037 – Manutenção e Desenvolvimento da Educação Superior no anexo IV da Lei nº 4.396, de 07 de julho de 2015.

03 – Projeto de Lei nº 01/2016 – Dispõe sobre a alteração na redação do Art. 1º da Lei Complementar nº 011, de 17 de dezembro de 2015, e dá outras providências.

Passado a apreciação e votação das matérias em pauta, os vereadores usaram a Tribuna do Plenário para tecer suas considerações pessoais e a sessão foi encerrada após a palavra do Presidente.

Comentários fechados.

RSS Notícias do Brasil

  • STF julga se delegados de polícia podem negociar delação premiada
    Ministra Cármen Lúcia vota agora. Acompanhe. STF julga se delegados de polícia podem negociar delação premiada Ministra Cármen Lúcia vota agora. Acompanhe. Placar está 9 x 1 para permitir que polícia feche delações . Ministros divergem, no entanto, em detalhes sobre como serão os acordos. Validação do MP e proibição de polícia acertar redução de pena estão e […]
  • Em meio à polêmica dos agrotóxicos, ruralistas contratam publicitário Nizan Guanaes para trabalhar imagem do setor
    A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) contratou o publicitário Nizan Guanaes para trabalhar a imagem do setor em meio à polêmica do projeto de lei que afrouxa o controle de agrotóxicos. O projeto é criticado por autoridades da área da saúde e por ambientalistas. Segundo o blog apurou, o publicitário procurou ambientalistas nesta semana par […]
  • Câmara aprova projeto de lei que regula transporte de cargas
    Proposta estava entre as demandas dos caminhoneiros em negociação para encerrar a greve da categoria. A paralisação em protesto ao aumento do diesel alcançou 11 dias em maio. Deputados reunidos em votação no plenário da Câmara dos Deputados nesta quarta (20). Luis Macedo/Câmara dos Deputados A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (20) o projeto de […]
  • STF decide que guardas municipais não têm direito à aposentadoria especial por atividade de risco
    Ministros analisaram ações apresentadas por guardas municipais sob o argumento de que o Congresso não elaborou lei sobre o assunto. O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por maioria, nesta quarta-feira (20), que guardas municipais não têm direito à aposentadoria especial por exercer atividade de risco. A decisão foi tomada a partir da análise de ações apr […]
  • Jorge Viana pede a Gilmar Mendes arquivamento de inquérito no STF
    Senador do Acre, Jorge Viana, durante sessão no plenário do Senado, no ano passado. Divulgação/Assessoria O senador Jorge Viana (PT-AC) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento de inquérito que o investiga por suposta participação em esquema de corrupção denunciado nas delações da Odebrecht. Em maio, o relator do inquérito, ministro Gilmar Mend […]